Viagem a Córdoba e Granada

Entidade Organizadora

Associação Humanitária Cultural e Recreativa Beselguense

Data do Evento
10 de junho a 12 de junho de 2016

Local
Beselga – Penedono

Preço por pessoa em quarto duplo – 300,00€
Suplemento para quarto individual – 60,00€
 
Contactos
Luís Figueiredo – 962347552
Eugénio Proença – 966663452
E-mail: geral@associacaobeselguense.pt

1.º DIA – 10 de Junho - Sexta-feira – Beselga / Granada

06H30 – Partida da Beselga. Viagem em autocarro com breves paragens no trajeto. Almoço na zona de Toledo.
Chegada a Granada jantar e alojamento em hotel de 4****
Depois do jantar, saída em mini bus para Albaicin. Entrada nas grutas para assistir às atuações de flamenco nas famosas festas ciganas do Sacromonte.

2.º DIA – 11 de Junho - Sábado – Granada / Córdoba

Pequeno-almoço buffet no hotel
Dia inteiro de visita guiada com guia local. Alhambra e panorâmica da cidade: Granada é uma das mais belas cidades de Espanha e a sua história, arquitetura e posição geográfica unem-se para torná-la única. Onde mais se encontraria um palácio árabe de proporções helénicas com uma Montanha Nevada ao fundo? Tendo sido uma colônia grega, romana, e, mais tarde árabe, Granada tem uma história rica, que deu à cidade um encanto especial. A invasão árabe foi a mais “recente”, antes do domínio espanhol, e por isso, o legado deste povo na cidade está presente nos diversos exemplares da arquitetura mourisca que estão espalhados por todos os lados, especialmente no bairro de Albaicin e no Palácio de Alhambra
Almoço em restaurante.
No final da tarde viagem até Córdoba
Chegada a Córdoba jantar e alojamento em hotel de 4****

3.º DIA – 12 de Junho - domingo – Córdoba / Beselga

Pequeno-almoço buffet no hotel.
Manhã de visita guiada com guia local. Quando no século VIII os árabes entraram na Andaluzia, iniciaram em Córdoba a construção duma cidade que rivalizasse com as grandes metrópoles do mundo árabe: Bagdad, Damasco, Constantinopla e Cairo.
Iniciaram assim a construção de uma infinidade de mesquitas e palácios. Entre estas mesquitas encontra-se aquela que se viria a tornar numa referência em todo o mundo Islâmico da época. Inspirada na de Damasco, a mesquita sofreu sucessivas ampliações até se tornar na enorme floresta de colunas e arcos vermelhos e bejes que os cristãos encontraram em 1236 aquando da reconquista cristã do califado da Andaluzia, que até aí tinha dominado quase toda a Península Ibérica. Uma parte desta obra-prima, foi então destruída para dar lugar a uma catedral católica. Para além da Mesquita-Catedral, é também classificado pela UNESCO o centro histórico da cidade, incluindo a Sinagoga, o bairro da Judiaria, o Alcazar e a Ponte Romana.
Almoço em restaurante.
 
Depois do almoço, viagem de regresso à Beselga com várias paragens.

Preço Inclui

* Viagem em autocarro de turismo com 2 motoristas
* 2 noites em hotel de 4**** com pequeno-almoço buffet
* 2 jantares nos hotéis (bebidas não incluídas)
* 3 almoços em restaurantes com bebidas incluídas
* Visitas guiadas de dia inteiro em Granada e de meio-dia em Córdoba com guias locais
* Entradas: Alhambra, Catedral e Capilla Real em Granada e Catedral (antiga Mesquita) e Alcazar em Cordoba (42 € já incluídos)
* Audio-guia na visita à catedral de Córdoba (1,5 € já incluído)
*Espetáculo de Flamenco incluindo uma bebida (20 € já incluídos)
* Iva e taxas hoteleiras
* Seguro básico de viagem
* Despesas de motoristas
 
Refeições com menus de grupo e pré-determinados de acordo com a gastronomia local.
Inscrições 
As inscrições feitas online (www.associacaobeselguense.pt).
 
 
Data limite para inscrições: 
- As inscrições decorrerão até dia 2 de novembro de 2020, estando limitadas a 650 participantes (serão atribuídos os frontais mediante a recepção do comprovativo de pagamento). Quem tiver a inscrição regularizada nesta data terá direito a frontal personalizado com o nome.
- Não serão aceites inscrições de última hora para BTTistas ou para almoços dos acompanhantes.

O preenchimento do Formulário que a seguir se apresenta é da exclusiva responsabilidade do participante.

Alertamos que em caso de preenchimento incompleto ou incorreto poderá comprometer-se o normal desenrolar da prova, nomeadamente no que diz respeito ao Seguro de Acidentes Pessoais.

Por favor, confira os seus dados antes de submeter a sua inscrição!

    Tipo de Inscrição:
    FederadoNão Federado

    (*) Nota: Os atletas federados uma vez que já possuem seguro pagam menos 1€

    Inscrição Pretendida:
    Modalidade A - 5,00 € (Só Caminhada) Participação na Caminhada, seguro desportivo, abastecimentos, banho e 1kg de castanhas.Modalidade B - 9,00 € Participação na Maratona, seguro desportivo, abastecimentos, banho e 1kg de castanhas.Modalidade C - 15.00 € Participação na Maratona/Caminhada, seguro desportivo, abastecimentos, banho, almoço, lembrança e 1kg de castanhas.Modalidade D - 20.00 € Participação na Maratona/Caminhada, seguro desportivo, abastecimentos, banho, almoço, 1kg de castanhas e jersey de manga comprida.

    Acompanhantes para o almoço:

    O preço por acompanhante para o almoço com idade entre os 6 e os 10 anos é de 8€. Com idade superior a 10 anos é 10€.

    As crianças até aos 6 anos não pagam mas a inscrição é obrigatória.

    Com idade até aos 6 anos:
    Com idade entre os 6 e os 10 anos:
    Com idade superior a 10 anos:

    Preenchimento obrigatório caso não se aplique coloque 0.

    Observações:

    Campos Obrigatórios (*)
    Irá receber uma cópia deste email na sua caixa de correio eletrónico

    Ao aceitar as condições de inscrição, confirmo que reúno todas as condições necessárias à prática desportiva e que li e concordo com o Regulamento da prova.

    Inscrições limitadas a 650 participantes (serão atribuídos os frontais mediante o pagamento).

    Deverá escolher uma opção:

    SimNão Autorizo que utilizem os meus dados para futuros contactos.

    Desejo subscrever o meu email na vossa base de dados para receber futuras informações comerciais.

    Aceito as políticas de privacidade

    Viagem da Associação Beselguense a Córdoba e Granada

     

    Aproveitando o feriado do 10 de junho, a Associação Beselguense realizou mais uma viagem, desta vez ao sul de Espanha – Córdoba e Granada.

     

    Saídos bem cedo da Beselga, sexta-feira dia 10, rumámos em direção à região de Madrid onde almoçámos num restaurante “diferente” daqueles que costumamos frequentar. Numa “miscelânea” entre comida asiática e tradicional, lá fomos desbravando novos sabores e formas diferentes de saciar o apetite. Seguimos para sul, rumo a Granada, num total de cerca de 830 quilómetros, entre a Beselga e aquela cidade da Andaluzia. Chegados ao hotel e depois do jantar (durante o qual ainda assistimos a uma atuação de uma Tuna local) seguimos para um passeio noturno a fim de visitarmos o Alhambra, soberbo conjunto arquitetónico, exemplo máximo da arquitetura árabe em terras peninsulares.

     

    Construção sumptuosa, rendilhados finíssimos em estuque e madeira, pátios interiores repletos de água corrente e, sobretudo, uma forma completamente diferente de encarar o mundo e a natureza que nos rodeia. “Tarde e más horas”, regressámos ao hotel.

     

    No dia seguinte, sábado de manhã, visita aos jardins do Generalife, mesmo em frente do Alhambra. E mais um vislumbre do arrojo e do pensar da cultura muçulmana. Treze séculos de história em sucessivos jardins, em construções, e mais jardins, e mais flores, e mais água corrente, vinda da não muito distante Serra Nevada. A seguir, ida até ao centro de Granada para visitar a Capela Real, local onde repousam os reis católicos, Fernando e Isabel, os que finalmente conquistaram e tomaram Granada aos mouros. Para o bem e para o mal! Almoço no centro da cidade, precedido de uma bela sangria (porque o calor não perdoa e o corpo assim o exige). Algum tempo livre, para os tradicionais “recuerdos” e saída para Córdoba a cerca de 200 quilómetros. Chegada ao hotel, jantar e nova saída, a pé, para visitar a cidade. Do lado de cá do Guadalquivir, surge-nos a imponente cidade de Córdoba e a sua animação noturna. É a música moderna apelativa para os jovens; é a exibição num jardim de um grupo coral com canções tradicionais; é um espetáculo majestoso de música clássica e ópera dentro dos jardins da mesquita; e é uma prova / corrida solidária com mais de 3700 atletas, novos, menos novos, homens, mulheres, crianças, que num percurso citadino pelas ruas e ruelas de Córdoba enchiam de alegria a noite desta cidade.

     

    No dia seguinte, domingo pela manhã, visita à mesquita / catedral de Córdoba. Transposto o pátio das laranjeiras, eis que entramos numa verdadeira “floresta” de mais de 1100 colunas que o tempo não apagou. Colunas recuperadas e reutilizadas de antigos templos romanos e visigóticos, na construção de uma mesquita árabe. Séculos de história “fundidos” numa construção monumental. E depois vieram os cristãos. E no meio daquela “floresta” de colunas, outras construções edificaram, numa simbiose de estilos aparentemente antagónicos. E saímos, enveredando por aquelas ruelas ancestrais, testemunhos de tempos e culturas que na época conviviam pacificamente, tal como os “antigos livros” o diziam e as necessidades dos homens, o exigiam. Muçulmanos, judeus e cristãos, que ao longo dos séculos construíram aquela e tantas outras cidades. Exemplo vivo de pacífica convivência e que os tempos se encarregaram de alterar. Saídos daquele “labirinto” foi a vez de visitarmos o Alcazar dos Reis Cristãos, soberba edificação num estilo ligeiramente diferente. Mas sempre com os já tradicionais jardins e sempre, sempre, a água. Seguimos para o almoço. Mas antes, mais uma pequena surpresa. O restaurante estava inserido numa zona de uma antiga exploração de pedra, pelos romanos. Sim, porque a pedra para a construção de todos aqueles monumentos, tinha que vir de algum lado. Uma caverna imensa, com vestígios da forma como a pedra era talhada, numa breve e simpática explicação dada pelo responsável do restaurante. Depois do almoço era a vez de regressar Era o fim da festa … pelo caminho, mais algumas paragens, para finalmente chegarmos outra vez à Beselga, e começarmos a recordar.

     

    Mas o que vale … é que para o mês que vem, em julho, estamos novamente de partida, desta vez para os Açores.

    Mais Atividades

    V TRAIL NOS TRILHOS DO CEIREIRO

    XVI Maratona de BTT

    VI Caminhada de Beselga a Freixinho

    II Caminhada de Beselga à Sapateira